Análise do episódio 207 de Boruto – Naruto Next Generations

Hoje eu passo a bola da vez para a Milena (@MilenaDaniele9) e é ela quem fez a análise do episódio 207. Confira:

Como descrever esse espetáculo visto no episódio 207 de Boruto – Naruto Next Generations?!

Arco Kawaki novos desenvolvimentos
© Masashi Kishimoto Scott / Shueisha / TV TOKYO / Pierrot

O episódio 207 se inicia com a continuação da feroz batalha entre o novo time sete vs Boro – o inner corpulento da organização Kara.

Os gennins junto com Kawaki estão em uma troca de poderes frenéticas com muitos jutsus e taijutsus, porém como vimos anteriormente, mesmo indo com força total contra o inimigo, os ataques são ineficazes, pois  Boro consegue se regenerar de formas absurdas, graças as modificações feitas em seu corpo pelo cientista da Kara, Amado. Fica o questionamento: Quais são os limites da tecnologia desta assombrosa organização?

Então Kawaki de forma muito astuta, compreende que mesmo com um poder tão grande, Boro teria um ponto fraco, portanto revela que o inner tem um núcleo em seu corpo que permite a sua regeneração, sendo tão poderoso, este núcleo não haveria de ser pequeno, tendo aproximadamente o tamanho de um coração.

Kawaki pede para que Sarada encontre esse núcleo com seu doujutsu, o Sharingan, para que possam destruí-lo e vencer a batalha, visto que ficavam sem forças e não teriam tempo até cansar Boro.

Nesse momento, vemos a escolhida como capitã desta nova formação, analisando e tentando identificar o núcleo. Isso se mostra uma tarefa difícil, onde Sarada começa a se sentir inútil ao ver o sofrimento de seus companheiros e não conseguir imediatamente ajuda-los. Momento este, em que podemos fazer um paralelo com sua mãe Sakura, que no passado, também se dedicou para que não fosse mais protegida e sim, que pudesse proteger aqueles quem ama.

Este momento de fraqueza e frustração de Sarada, se tornou uma cena polêmica, que incomodou algumas pessoas do fandom, visto que Sarada sempre ajudou seus companheiros. Porém, não vejo isto como um problema, já que é comum em animes shounens, os personagens em algum momento da obra, se sentirem incapazes e duvidar de seu potencial. Faz parte da evolução e construção de tal personagem.

Com isso, Sarada não desiste de seus objetivos e finalmente consegue perceber que o núcleo é trocado de lugar quando Boro faz selos de mão, parando no lado direito de seu corpo.

E em uma cena épica, para o surto de todos os telespectadores, ela busca as forças de seu pai, Sasuke Uchiha e utiliza o chidori, que até então, estava apenas treinando-o a um bom tempo. Com um talento nato, a garota Uchiha superou suas inseguranças e conseguiu assim, arrancar e destruir o núcleo de Boro.

Sem seu núcleo de poder, o corpo de Boro sai do controle e ele  se torna um monstro gigante com tentáculos, que lembra muito a Úrsula, antagonista do filme da Disney, A Pequena Sereia.

O novo time 7, neste momento decide recuar e se dirigem para onde Naruto está selado. Para libertá-lo, Boruto e Kawaki juntam seus Karmas para a criação de um portal de espaço-tempo, para enfim libertar o Nanadaime.

De maneira inesperada, o fora de controle Boro volta atacar os gennins de maneira brutal. Todos ali, principalmente Boruto que recebe vários golpes, ficam em uma situação extremamente agoniante, ficando a beira da morte. Neste momento, com medo de perder seu precioso receptáculo, Momoshiki se manifesta no corpo de Boruto em meio a batalha, proferindo a icônica frase:

“Ei, não passe dos limites criatura inferior”.

Borushiki Uzumaki Ootsutsuki

Em um mix de vozes sensacionais, mesclando a voz de Boruto Uzumaki e Momoshiki Outsutsuki, Borushiki (carinhosamente apelidado pelo fandom), chega com maestria fazendo sua estréia no episódio 207.

Infelizmente, agora teremos que aguardar as cenas dos próximos episódios. E o hype está como?? NAS ALTURAS!

NOTA DO AUTOR(A)

As informações contidas nesta postagem são apenas para fins de informação geral. As informações são fornecidas pela Boruto Explorer e enquanto nos esforçamos para manter as informações atualizadas e corretas, não fazemos representações ou garantias de qualquer tipo, expressas ou implícitas, sobre a integridade, precisão, confiabilidade, adequação ou disponibilidade de a fins.