SCANS EXPLORER REVIEW: BORUTO CAP.48 – ALÉM DO DESTINO TRAÇADO

 

Nosso protagonista aparece na capa deste mês com uma expressão madura, manifestando o seu Karma e as seguintes palavras destacadas: “Além do destino traçado”, que faz alusão a luta entre Kashin Koji versus Ootsutsuki Isshiki, em rota de conclusão.

Vale destacar que o anúncio para o arco de atuação da Kara no anime de Boruto vem trazendo novos desenvolvimentos que os leitores da obra mensal vão poder ver nessa adaptação para a TV.

Após a revelação da verdadeira identidade de Kashin Koji que foi clonado a partir das células do lendário Sannin, Jiraiya, temos a clara ideia do tipo de “personalidade destemida” que ele carrega consigo.

Todas as técnicas utilizadas para causar dano no corpo de Isshiki são minimizadas em um instante pelo poder do Doujutsu do vilão, deixando claro que adversários em longa distância teriam dificuldades contra este poderoso oponente.

Koji começa a utilizar alguns jutsus familiares para a comunidade de Naruto e Boruto: o Ranjishigami no Jutsu. Essa técnica foi usada em diversas ocasiões por Jiraiya. Um exemplo conhecido de sua utilização é o confronto contra a mensageira da vila da chuva, Konan, que foi capturada dessa maneira para não utilizar suas técnicas.

E o título do capítulo de Boruto fica bem claro pelas palavras de Isshiki que está transbordando de poder mas por um período breve de tempo. Utilizando o receptáculo chamado Jigen, é visível sua instabilidade com o corpo de Jigen, pois há um limite de dias úteis para chegar ao seu final de vida. Além disso, a personalidade arrogante do Ootsutsuki que debocha da situação em que Koji foi colocado como um peão de sacrifício fica cada vez mais evidente no decorrer dessa batalha.

Mangá 48 de Boruto por Kodachi. Todos os direitos reservados.

Lembrando que a traição de Amado deixou o nosso vilão extremamente furioso e que ele vai marchar em direção a Konoha para o próprio dar fim a vida de Amado.

Outro fato surpreendente foi a aparição do “Modo sennin” em Koji, que não pareceu ter nenhuma dificuldade de entrar no estágio sábio perfeito, coisa que o nosso ilustre Jiraiya levava bastante tempo com a ajuda de Fukasaku e Shima. Claro, alguns devem se perguntar em como ele conseguiu atingir tal feito sem ao menos ter realizado algum tipo de treinamento no Monte Myoboku; poderíamos sugerir que o fator da clonagem das células seja um ponto determinante na replicação das técnicas do shinobi, lembrando que o corpo de um ninja é um tesouro de informações mesmo que os resquícios sejam mínimos – o caso de Uchiha Madara, que Yakushi Kabuto o ressuscitou e modificou seu corpo com o poder de Hashirama amplificando suas técnicas, habilidades e poderes.

Mangá 48 de Boruto por Kodachi. Todos os direitos reservados.

Em outro cenário, Amado conseguiu seu “asilo” em Konoha, tendo todos os direitos de um cidadão comum dentro dos limites da vila, além de poder estar trabalhando em conjunto de Katasuke que seria um supervisor de suas atividades científicas e tecnológicas – a princípio, Amado estava bem tranquilo em aceitar as ofertas propostas por Konoha, tendo em vista que seu objetivo já tinha sido alcançado, ele poderia revelar a farsa: o colar explosivo preso ao pescoço de Shikadai. Com pequenas ações ele conseguiu colocar Konoha em suas mãos e ainda manteve a proteção da mesma sem derramamento de sangue. O personagem em si não aparenta ser alguém frio que não demonstra emoções, mas ele sabe muito bem omiti-las diante do inimigo.

Além disso, ele sabia da vinda de Isshiki à Konoha, correndo contra o tempo para implantar um novo Karma em Kawaki para garantir que sua existência não seja apagada para sempre e com a ajuda de Naruto e Sasuke que podem atrasar seu avanço de alguma maneira – mesmo que no primeiro encontro a batalha tenha sido mais favorável a Isshiki (que estava dentro do corpo de Jigen)-, existia um fator surpresa na batalha que pode se repetir novamente e dificultar o sucesso da dupla de pilares do mundo Shinobi.

Voltando a batalha, Isshiki confronta Koji em modo sábio, mas parece que para ele (Isshiki), não foi algo tão relevante e que pudesse causar algum problema para o nosso vilão. Vimos também técnicas novas sendo utilizadas por Koji como o Katon: Engeki em forma de disparo ou como golpe mas acabou sendo ineficaz devido ao Sukuna Hikona que minimiza o dano da potência da técnica.

Koji acaba pensando em uma técnica de distração – Senpou: Gokashin Ensen, para criar um campo de fogo evitando que o inimigo pudesse localizá-lo dentro do mar de fogo. O truque acaba pegando Isshiki de surpresa por alguns instantes e logo em sequência, um jutsu de tirar o fôlego e nostálgico foi utilizado – Senpou: Cho Oodama Rasengan, a técnica de rotação e poder máximo que foi criado por Jiraiya.

Neste momento, quase conseguindo êxito em seu plano suicida, Isshiki libera outra técnica especial que acaba literalmente esmagando o corpo de Koji com alguns pilares convocados de uma dimensão diferente que é apenas acessível ao usuário do Hijutsu: Daikokuten – a explicação da técnica é bem simples e usa uma metáfora bem interessante: na mitologia, Daikokuten é um Deus oriental que concede boa sorte, mantimentos e riquezas – e com isso, a técnica do Ootsutsuki consiste em armazenar coisas que ele encolha com o Sukuna Hikona e depois possa convocar elas em algum momento da batalha. A fatídica cena da mesa de jantar sendo trazida de volta por Isshiki no capítulo 24 é uma clara demonstração desse poder em prática.

Outro detalhe é o roupão original de Isshiki que aparece em seu corpo devido a técnica do Ootsutsuki.

Por um milagre, Koji consegue sobreviver usando seu Kuchyose anfíbio para escapar daquele local, o que deve ter aliviado o coração de muitos fãs que gostam do personagem que estava migrando para um desfecho quase idêntico ao de Jiraiya. E por fim, Isshiki desaparece do esconderijo da Kara para ir pessoalmente a Konoha obter Kawaki novamente e gravar o seu Karma.

Retornando a Konoha, Boruto discute com seu pai sobre querer participar da batalha contra Isshiki, e ele é repreendido por Naruto que jamais colocaria seu filho na linha de frente e nem os civis de Konoha. Porém, Sasuke fala de uma maneira séria e com uma frase inesquecível: “eu estou preparado para morrer a qualquer momento pela bem da vila da folha. Não há como negar em como isso causa um contraste entre o antigo Uchiha Sasuke e o atual da série Boruto. Um personagem que está ganhando ainda mais fãs pelas suas atitudes e ações como shinobi. Será que veremos um dia Boruto tendo a mesma atitude de seu mestre em se sacrificar por uma vila ou pelo mundo?!

Mangá 48 de Boruto por Kodachi. Todos os direitos reservados.

Por fim, Isshiki chega aos portões de Konoha observando com uma expressão séria em seu rosto e o restante das pessoas que estavam dentro da sala como Naruto e Sasuke reagem de uma maneira bastante preocupada com o novo inimigo diante deles.

Mangá 48 de Boruto por Kodachi. Todos os direitos reservados.

O desfecho desse atual arco é tão imprevisível e cheio de possíveis reviravoltas que é difícil cogitar algo que pode acontecer e também sabemos que o autor de Boruto adora surpreender os seus leitores. Talvez possamos ver o retorno de Momoshiki como uma esperança perante a destruição que pode estar por vir na batalha entre monstros.

Até a próxima análise!

NOTA DO AUTOR(A)

As informações contidas nesta postagem são apenas para fins de informação geral. As informações são fornecidas pela Boruto Explorer e enquanto nos esforçamos para manter as informações atualizadas e corretas, não fazemos representações ou garantias de qualquer tipo, expressas ou implícitas, sobre a integridade, precisão, confiabilidade, adequação ou disponibilidade de a fins.