EXPLORER ENTREVISTA: YURI BL4CK

Um dos pioneiros no ramo de Rap Geek, carioca apaixonado por boa música, dono de um canal com mais de 300 mil inscritos, ativo no Instagram com interações épicas e agora aqui, na Sala do Hokage, nos brindando com uma música épica sobre Boruto: Yuri Bl4ck, nosso convidado aqui na Boruto Explorer! Fique com mais uma matéria top e curta esse Explorer Entrevista: Yuri Bl4ck!

Yuri Bl4ck

Imagem cedida por Yuri Bl4ck e assessoria à Boruto Explorer. Todos os direitos reservados.

Boruto Explorer: Yuri, você foi um dos primeiros músicos a se aventurar no YouTube com o chamado Rap Geek. Há uma razão específica do porquê desse subgênero?

Yuri: A princípio, foi a pedido do meu primo Wesley, que hoje é meu sócio e editor do canal. Ele sempre foi fã do Player Tauz, e eu já havia dado um tempo em cantar Rap, mas fiz por ele (meu primo) um rap de “Arrow”. Na época, teve uma repercussão razoável, porém boa em relação ao péssimo engajamento que eu tinha.

Os comentários positivos me chamaram atenção e eu entrei em contato com um evento chamado Anime Nikity. O dono do evento me colocou para cantar três músicas e me apresentou para o Tauz. Fui super bem recebido e o Tauz divulgou meu trabalho na página dele no Facebook. No mesmo dia, ganhei cerca de 2 mil inscritos!

Daquele dia em diante, percebi que poderia ser algo bom para minha carreira. Eu já curtia séries e animes, mas jamais havia pensado em misturar tudo. Esse é um breve resumo do que me levou a isso. Hoje, tenho como meu trabalho e uma forma de levar uma mensagem positiva para meus inscritos.

Yuri Bl4ck

Imagem cedida por Yuri Bl4ck e assessoria à Boruto Explorer. Todos os direitos reservados.

O hip hop é uma cultura incrível, isso é fato, e a sua arte deixa bem evidente o quanto você a valoriza. Você foi criado nesse “berço” ou simplesmente aconteceu o hip hop na sua vida?

Desde criança, eu escutava Rap sem saber o que era de fato. Meu pai tinha um CD do Gabriel, o Pensador e eu comecei a escutar e me apaixonei pelo gênero. Foi ali, com mais ou menos 12 anos de idade, que eu comecei a fazer meus primeiros raps. Fiz meu primeiro show com 13 anos, conheci a cultura Hip Hop e nunca mais tirei isso da minha vida.

Vamos falar de animes? Diz para gente qual o seu personagem favorito de Naruto e se tem algum que você simplesmente não vai com a cara. Conte os porquês das escolhas.

Posso citar dois favoritos rs? Por uma questão de ética, seria o Naruto, aquele garoto improvável que dá o seu máximo para conseguir o que quer. Ele tem todas as características de um campeão e o protagonista sempre me atrai, porque é um modelo de ser que nós deveríamos seguir. Porém, o que mais gosto, e não por motivos de personalidade, é o Orochimaru rsrs. Isso porque o público me associou a ele por conta do meu sotaque de carioca no rap “Seu pior inimigo” do Tauz. E é um personagem que curto a estética, as cenas e toda construção.

Não tenho um personagem que eu não vá com cara em Naruto kkk.

Imagem cedida por Yuri Bl4ck e assessoria à Boruto Explorer. Todos os direitos reservados.

Qual a sua lembrança mais antiga da obra? E como os ensinamentos e conceitos que você acompanhou em Naruto influenciaram a sua vida e o modo com que você enxerga o mundo?

A lembrança é o Naruto sendo totalmente desprezado e, mesmo assim, nunca desistindo dos ideais. Lembro dele novinho, todo sad no parquinho. Aquelas cenas dignas de AMVs com músicas do XXXTentacion rs.

O ninja que quebra as regras é como lixo, mas é muito pior quem abandona os seus amigos.

Kakashi Hatake

Isso define algo que guardei para minha vida! Muitas vezes, deixamos várias “prioridades normais” fazerem com que passemos por cima das amizades e isso nos torna ruins. Na Bíblia, Jesus dá um esporro nos fariseus quando eles dizem que não se podia curar no sábado. Jesus diz que se eles pegam um jumento que está preso em algo e o retiram, por que não podem fazer o bem no sábado? Portanto, se a lei ofusca o amor ela não serve de nada. Eu dei esse exemplo para dizer que as leis da vida e prioridades não podem tirar nossa essência de amar, se não elas não servem de nada. Essa frase é muito profunda pra mim.

Imagem cedida por Yuri Bl4ck e assessoria à Boruto Explorer. Todos os direitos reservados.

O Killer Bee, sem dúvida alguma, é um personagem que representa bem a cultura hip hop dentro de uma cultura totalmente oposta. Você acha que outros animes também deveriam ter essa iniciativa, como Kishimoto teve em Naruto?

Totalmente! Não só com a cultura hip hop, mas também com outros gêneros. Isso é legal, pois chama públicos diferente para perto.

A sua música conta com diferentes tipos de letras, que falam sobre vários assuntos. Como é o processo de criação e em que momento você faz a conexão das letras com os animes? Sempre há uma mensagem por trás?

Nem sempre. Os últimos raps que tenho lançado, “No Estilo Trapzeira“, são algo mais de alterego, uma zoeira, como se fosse um rapper na linha do trap que canta coisas mais agressivas e ostentando em uma pegada animada. Mas poderia dizer que, em 80% das minhas obras, eu procuro pregar uma mensagem, e pode ter certeza que você vai conseguir me enxergar falando de Deus na maioria delas.

Yuri Bl4ck

Imagem cedida por Yuri Bl4ck e assessoria à Boruto Explorer. Todos os direitos reservados.

Juntar o que você gosta com aquilo que você faz bem é o sonho de muitas pessoas, e você conseguiu alcançar essa meta. Mas vamos supor que não. O que seria da sua vida sem o Rap Geek? E quais os planos para o futuro?

Eu nunca tive um plano B. Acredito que a vida inteira é apenas uma oportunidade e, sinceramente, não consigo ver outro caminho. Porém, eu tenho como meta de vida levar a mensagem de Cristo, independentemente de como for a minha vida. E isso me move! Hoje é o rap, amanhã pode ser fazendo gameplay, já que é algo que tenho vontade de fazer, mas eu vou por onde sentir que Deus estiver me direcionando.

Recentemente, estamos gravando os clipes do meu próximo EP em parceria com a Letty, do Canal NKM. Clipes produzidos pelas produtoras Kinonik e Wallaroo Corp. Atualmente, estou na agência Woomaxx e estamos trabalhando em planos para o futuro, que envolvem até atuação. São projetos que não são focados no meio geek, mas diversificados. Não posso dar mais detalhes por agora rsrsrs.

Imagem cedida por Yuri Bl4ck e assessoria à Boruto Explorer. Todos os direitos reservados.

Achou que viria para até a Sala do Hokage e não teria nenhum desafio, Yuri? Pois vamos lá! Grave para gente um rap que fale do personagem Boruto no melhor estilo improviso!

Imagem cedida por Yuri Bl4ck e assessoria à Boruto Explorer. Todos os direitos reservados.

Agradecemos muito sua participação aqui na Sala do Hokage! Essa “Explorer Extrevista: Yuri Bl4ck“, sem dúvida alguma, entrará pra história da BE! Uma música composta por você, Yuri Black, exclusivamente pra essa entrevista, é uma verdadeira honra!

E você otaku que nos acompanhou até aqui, comente, curta e compartilhe essa entrevista braba com a lenda! Até a próxima!

Iva Torigoshi, direção de redação e reportagem. Victor Lisita, reportagem e redação. Karina Santos, arte e diagramação. Agradecimento pela liberação de Yuri Bl4ck à Boruto Explorer pela sua gravadora e assessoria.

NOTA DO AUTOR(A)

As informações contidas nesta postagem são apenas para fins de informação geral. As informações são fornecidas pela Boruto Explorer e enquanto nos esforçamos para manter as informações atualizadas e corretas, não fazemos representações ou garantias de qualquer tipo, expressas ou implícitas, sobre a integridade, precisão, confiabilidade, adequação ou disponibilidade de a fins.