EXPLORER ENTREVISTA: EVANDRO FUZARI DO MANGÁ Q

Maior colecionador da atualidade de mangás no Brasil, surfista, empresário, YouTuber referência em diversos segmentos de obras até mesmo pouco explorada em território nacional, e não podemos esquecer que recentemente, teve seu vídeo classificado em 18º em vídeos em alta no Brasil pelo YouTube ao teorizar o capítulo 981 de One Piece, Evandro Fuzari do Mangá Q é o nosso entrevistado de hoje!

Iva Torigoshi: Evandro, você atualmente é um dos canais no youtube que aborda com precisão, um grande acervo de obras de mangá, o que te levou a ser exclusivamente voltado a esse tipo, tendo em vista que a maioria dos outros canais tratam mais animes?

Evandro Fuzari: E sou do pensamento que para criar conteúdo, se tem dois caminhos a seguir: conhecer e falar pouco de muito, ou conhecer e falar muito de pouco, escolhi a segunda linha e foi o que deu o diferencial para o canal, pois geralmente a primeira linha fica mais restrito aos canais grandes que contam com uma equipe para roteirizar vídeos, e eu sozinho, e tentando fazer igual, seria somente mais um canal igual a tantos perdidos nos algoritmos do youtube, tentei sim falar de outras obras mas me peguei fazendo vídeos vazios somente para conseguir views, decidi focar em poucas obras onde posso me aprofundar mais e trazer à tona assuntos poucos abordados. Em um futuro próximo, irei expandir para novos assuntos com certeza!

Em sua descrição, você se coloca como alguém que “assistiu Cavaleiros do Zodíaco na manchete” (confesso que eu também rsrs), contudo, essa geração atual têm um acesso mais rápido aos mangás e graças a tecnologia. Como era pra você, essa questão dos mangás sendo uma criança dos anos 90?

Haha! Mangás eram inacessíveis, praticamente o termo ‘mangá’ era desconhecido nessa época. Já tínhamos lobo solitário (incompleto) e o épico akira que foi lançado pela editora globo, mas eles vieram em formato de HQ então quem via achava que se tratava de mais um quadrinho americano. Eu basicamente, ficava sabendo de novas obras através das revistas da época como herói, anime-dô entre tantas , essas revistas eram quem traziam novas informações e novos animes, nos anos 2000 pra frente tivemos o advento dos DVDs mas nesse período dos anos 90, tudo o que consumia ou era encomendando fita K7 de fansub ou assistindo foi pela TV aberta, Manchete com certeza e Bandeirantes que exibiu Akira e a lenda do demônio (sim, um hentai na TV aberta) foram as mais importantes nesse período.

Imagem cedida por Evandro Fuzari a Scans Explorer. Todos os direitos reservados.

Já no fim dos anos 90 globo entrou na dança e nos brindou com Samurai X , só quem viveu a era de ouro pra lembrar dos bons tempos. Um boa lembrança que tenho é quando os mangás saíram oficialmente aqui no inicio dos anos 2000 é que eu tinha um relógio biológico acertado com a data que o manga chegava na banca, a cada 15 dias estava eu lá comprando meu Yu Yu Hakusho ^^!

Seu canal atualmente possui quase 300 mil usuários e seguidores fiéis ao seu trabalho. Quando você começou em 2014 com o Youtube, achou que chegaria onde chegou? E sente-se realizado com o que almejou até o momento?

Nunca imaginei chegar nesse número e nem ter esse engajamento, eu fico feliz que as pessoas gostem ou mesmo que eu alegre o dia delas por poucos minutos, definitivamente me sinto realizado pois quando criei o canal eu queria apenas fazer alguns amigos pra falar de animes, consegui quase 300 mil.

Vamos falar de Berserk? Os mangás começaram em 1989, ou seja, 31 anos, essa ideia de mercenários e espadachins dentro da trama ao longo desses anos, é o que consolidou Berserk, porém, em seu entendimento, acha que deveriam abordar algo a mais pela complexidade dos personagens?

Berserk se tornou algo maior que seu autor imaginava, Miura iniciou a obra pra ser um mangá como tantos outros, pegando inspirações em hokuto no Ken e tentando trazer um tema fantasioso e escuro ao invés de um futuro no estilo Mad Max , quem assiste a era de ouro de Berserk pela primeira vez vai se deparar com uma obra até certo ponto interessante, a politica dos reinos, mercenários que almejam se tornar nobres, um sonho, uma amizade. Tudo caminha pra ser uma obra ok, até o ponto em que tudo desmorona, eu creio que não precise abordar outros pontos , Guts e sua besta interior junto de Grifith e seus sonhos distorcidos dariam horas de debate em qualquer roda de amigos, Berserk é muito mais do que espada e feitiçaria, entrou em um campo filosófico que nenhuma obra conseguiu fazer.

Imagem cedida por Evandro Fuzari a Scans Explorer. Todos os direitos reservados.

O Bando do Falcão, em sua opinião, teria outras opções para seu crescimento ao invés de sempre sacrificar algo? Por quê?

Sim, eu entendo as escolhas de Miura em relação ao bando do falcão, o primeiro ato é simplesmente para nos mostrar que Guts vive fora das linhas da causalidade e ele vai sofre muito por isso, mas ao mesmo ponto acho um pecado não termos mais desenvolvimento de Judeau por exemplo e a suposta atração que ele sentia por Caska, poderia ter sido mais explorada. Mesmo que o fim chegasse, histórias paralelas para os membros mais importantes seria algo incrível, um flash back de seus passados por exemplo não seria pedir demais.

Pra você, qual foi o melhor enredo no arco Império Milenar do Falcão?

Esse arco é maravilhoso , tantas passagens marcantes! Os melhores que me vem a mente é Guts se encontrando com Slan em Qliphot, a armadura Berserker e Ganishka em sua forma final , Guts montando em Nosferatu zod é algo que eu nunca esperaria ver na minha vida.

A pessoa Evandro, se identifica com algum personagem de mangá? Poderia dizer pra gente o por quê?

Eu sou uma mistura de Yusuke Urameshi e Ging “vagabundo” Freecs , o jeito malandro e divertido misturado com alguns momentos em que simplesmente desapareço nas minhas aventuras.

Imagem cedida por Evandro Fuzari a Scans Explorer. Todos os direitos reservados.

Evandro, pra finalizar, quais seus planos a longo prazo com o Canal Mangá Q?

Rumo ao milhão sem ser pretensioso, que o canal continue na missão de levar alegria e para alguns ser o ultimo refugio de entretenimento! Se algum dia eu desvirtuar desse caminho, por favor me cobrem^^

Pode deixar, Evandro! Cobraremos 😉

Ops! não posso esquecer de uma coisa, do sábio conselho e dica otaku de utilidade pública sobre ser chavoso do Evandro Fuzari! hahaha, assistam! (foi mal, Evandro, mas esse vídeo é icônico!)

Utilidade pública (ou não) para otakus!

Gente… se der certo, conta! hahahahahaha!

VÍDEO CEDIDO POR EVANDRO FUZARI A SCANS EXPLORER. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

Iva Torigoshi, direção de redação, redatora, editora e repórter.

NOTA DO AUTOR(A)

As informações contidas nesta postagem são apenas para fins de informação geral. As informações são fornecidas pela Boruto Explorer e enquanto nos esforçamos para manter as informações atualizadas e corretas, não fazemos representações ou garantias de qualquer tipo, expressas ou implícitas, sobre a integridade, precisão, confiabilidade, adequação ou disponibilidade de a fins.